A Agrishow 2023 – 28ª Feira Internacional de Tecnologia Agrícola em Ação, realizada em Ribeirão Preto (SP), encerrou no dia 5 de maio com um resultado impressionante: um volume recorde de negócios gerados e intenções de compra em máquinas agrícolas, de irrigação e de armazenagem, totalizando R$ 13.290 bilhões.

Esse montante representa um crescimento nominal de 18% e um aumento real de 9,5% (descontada a inflação) em relação à edição de 2022. Na ocasião, foram computados R$ 11.243 bilhões em negócios gerados e intenções de compra de máquinas agrícolas , irrigação e equipamentos de armazenagem.

Crédito: Agrishow oficial

A Agrishow 2023 atraiu um público total de 195 mil pessoas, predominantemente formado por produtores rurais de propriedades de diferentes portes, vindos de todas as regiões do Brasil e de outros países.

Para João Carlos Marchesan, vice-presidente do Conselho de Administração da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (ABIMAQ) e novo presidente da Agrishow, “a feira cresce fortemente a cada ano e apresenta máquinas, tecnologias e soluções para todos os tamanhos de propriedade rural e para os variados tipos de cultura, atendendo as principais demandas para o produtor rural crescer”.

Confira alguns dos lançamentos em produtos e inovações tecnológicas, que foram apresentados durante a Agrishow 2023

 

Case IH – Tratores

Crédito: Agrishow oficial

Ao longo dos últimos 180 anos, desde 1842, a Case IH tem sido uma parceira essencial para os agricultores profissionais que enfrentam os desafios da agricultura moderna. A empresa oferece soluções e serviços líderes de mercado, com um portfólio diversificado de produtos, incluindo tratores, colheitadeiras, enfardadeiras, equipamentos de feno e forragem, veículos utilitários, colhedoras de cana e café, semeadoras para plantio direto, equipamentos de aplicação, tratos culturais e soluções de agricultura de precisão.

Na 28ª Agrishow, a empresa mostrou o que tem feito e quais os próximos passos para os avanços da Agricultura Digital.

Crédito: Agrishow oficial

O Farmall Conectado é indicado para atender às demandas do pequeno produtor (com potências de 80, 90 e 100 cv). A linha de tratores completa 100 anos de produção mundial e é o modelo escolhido para ser a primeira máquina elétrica da marca. A marca lança ainda melhorias na sua colheitadeira de grãos Axial-Flow Série 250 Automation, como nova cabine, iluminação 100% LED, maior capacidade do tanque graneleiro e novo tubo de descarga que trouxe ganhos como mais de 25% de taxa da descarga de grãos.Já o Steiger AFS Connect Modelo 620 pesa, em média, 21 toneladas e com tanque de combustível com capacidade para 1.722 litros.

 

New Holland Agriculture – Tratores

Crédito: Agrishow oficial

Durante a realização da Agrishow 2023, a New Holland Agriculture apresentou o seu mais recente lançamento, o novo trator T4 S, que amplia o portfólio da marca na faixa de tratores de baixa potência e é ideal para fruticultura, equilibra eficiência e robustez num único produto.

Crédito: Agrishow oficial

A marca destaca ainda suas soluções para a agricultura digital, como a telemetria de baixo custo para tratores voltados à agricultura familiar – linha TL5; um pacote de serviços conectados; o mini planetário que mostra as tecnologias da agricultura digital de maneira simples e extremamente visual (ideal para emissoras de TV), e a Intellisense, tecnologia de inteligência artificial embarcada nos equipamentos.

Trator T6. 180 Methane Power – Crédito: New Holland Agriculture

O primeiro trator movido a gás biometano do mundo esteve presente na Agrishow deste ano. O T6. 180 Methane Power inaugura um novo segmento de máquinas agrícolas, por sua inovação no uso de combustíveis alternativos e que entregam a mesma eficiência energética e operacional de um trator convencional.“Essa nova tecnologia reforça a nossa liderança no desenvolvimento de combustíveis alternativos, mais sustentáveis e que entregam a mesma eficiência energética e operacional de um trator convencional, além de possuir uma melhor relação de custo-benefício para o produtor rural”, afirma Eduardo Kerbauy, vice-presidente da New Holland Agriculture para a América Latina.

Valtra – Tecnologias de precisão

Crédito: Agrishow oficial

Na Agrishow 2023, a empresa apresentou a ampliação da família da plantadeira dobrável Momentum, agora com versões com menor número de linhas (18, 20, 22 e 24) para atender um maior número de produtores, principalmente para as regiões Sul e Sudeste do Brasil. Um dos grandes diferenciais é a tecnologia embarcada Weight Transfer, que proporciona profundidade homogênea na deposição de sementes. O exclusivo sistema SmartFrame mantém, de forma automática, todas as linhas de plantio em contato com o solo, independente do relevo e mesmo em bases largas e curvas de nível. O índice de singulação (dosagem semente a semente) da plantadeira chega a 99,6% no milho, mesmo em velocidades superiores a 10 km/h de plantio.

Pulverizadora Serie R – Crédito: Valtra

A Valtra também expôs os pulverizadores Série R, que foram concebidos para atender às necessidades dos médios e grandes produtores rurais, com foco principal na aplicação de defensivos em lavouras de soja, milho, trigo, algodão e cana-de-açúcar. Estão disponíveis nas versões R530 e R535, ambos equipados com barras de até 36 metros. A tecnologia embarcada possui controlador de vazão com nove seções pneumáticas ou 36 seções com controle eletrônico, que proporcionam maior eficácia na aplicação, distribuição e deposição de gotas, possibilitando a economia de até 73% de defensivos com sobreposição em bordaduras.

Na 28ª edição da Agrishow, a empresa ofereceu diversas tecnologias em agricultura de precisão, incluindo o FUSE Guide, um piloto automático elétrico que pode ser instalado em máquinas novas ou usadas. O equipamento é universal e pode ser transferido para maquinários de todas as marcas, permitindo que produtores rurais incorporem essa tecnologia facilmente. Para isso, basta realizar a troca do volante convencional pelo volante disponível no kit do FUSE Guide.

Romancini – Trocos e balanços

Crédito: Agrishow oficial
Crédito: Agrishow oficial

Na Agrishow 2023, os produtores rurais puderam conferir o Tronco RZPec, que foi elaborado dentro do conceito de manejo “Nada nas Mãos”, que preconiza o bem-estar do animal. O maquinário foi desenvolvido em parceria entre a Romancini e a veterinária Adriane Zart. A maior diferenciação desse tronco é que ele foi construído com espaços ‘vazados’ em todas as laterais, para que o animal tenha visão de todo processo, entenda que ele tem uma saída e sinta-se seguro; dessa forma o produto alinha ao conceito do bem-estar animal e ao mesmo tempo, potencializa a produtividade do manejo no curral.

Agritech – Tratores de 75 cv

Crédito: Agritech

A Agritech lançou dois tratores durante a Agrishow. O grande lançamento da linha AGT 75 é a versão agrícola. Ágil e preciso, o novo trator da marca oferece uma série de benefícios em suas aplicações para facilitar o dia a dia no campo, com o objetivo de proporcionar maior agilidade da máquina e menor esforço, segundo informações do coordenador de Vendas/Marketing da Agritech, Cesar Roberto Guimarães de Oliveira.

“Este novo modelo AGT 75 agrícola cobrirá uma lacuna entre o 1160 agrícola de 52 cv e o 1185 agrícola de 82 cv. O modelo de 75 cv agrícola é indicado para o preparo de solo, para atender pequenas e médias propriedades”, explica Oliveira. Outro destaque da empresa na feira é a exposição da linha de tratores cabinados de fábrica.


EMBRAPA

Crédito: Embrapa

No ano de comemoração de seus 50 anos, a Embrapa participa com seis Unidades e 16 tecnologias, produtos e serviços na Agrishow 2023, incluindo lançamentos, para o produtor rural, seja ele agricultor familiar ou grande empresário, de diferentes cadeias produtivas.

Os visitantes conheceram três cultivares de amendoim de alta produtividade e adaptadas ao cultivo mecanizado em grande escala, que serão lançadas na feira. As novas cultivares são direcionadas ao consumo de mesa e à indústria de alimentos e se destacam pelo alto teor de ácido oleico (acima de 75%), os grãos conservam suas qualidades por maior tempo depois da colheita, garantindo maior vida útil de prateleira. A avaliação do teor de óleo oleico nas variedades de amendoim foi realizada pela técnica de ressonância magnética nuclear (RMN). Na Agrishow, o aparelho SpecFit fará análise em tempo real de amostras das cultivares.

Outro lançamento é a plataforma IA AGLIBS, desenvolvida em parceria com a agfintech Agrorobótica, para análise de solos em projetos de agricultura de precisão e mercado de C é baseada no equipamento AGLIBS e métodos embarcados para análise de solos (hardware e método de preparo e suporte da amostra, calibrações e análises, uso de inteligência artificial e dados em nuvem ou servidor local para obtenção dos resultados e mapas de recomendação), como também rotinas que a antecedem (coleta e identificação única digital de amostras, georreferenciamento e registro de dados da propriedade, envio e armazenamento de dados), e que sucedem a análise (mapas de recomendação e envio de relatórios ao usuário final mediante interface digital). A Embrapa trouxe soluções nas áreas de alimentos, viticultura de precisão, controle biológico, floresta e insumos.


Destaque

Trimble

Na Agrishow 28º, Apostou em tecnologia de planejamento e segurança nos setores florestais e de transportes.

Crédito: NASA

A Trimble Florestal e Transportation, setores estes que fazem parte da cadeia produtiva do agronegócio, apresentou na Agrishow ferramentas que prometem um gerenciamento mais eficiente e preciso das propriedades florestais e mais segurança para os condutores no setor logístico.

Crédito: Pixabay

Segundo “Food and Agriculture Organization of United Nations” – FAO, em 1999, a produção mundial do setor florestal atingiu US$ 450 bilhões, sendo o setor de celulose e papel responsável por 62% desse valor. No Brasil, a atividade florestal é de grande importância, não só pela extensa cobertura de florestas existente no País, mas também pela capacidade de geração de emprego e renda do setor. Dados da Sociedade Brasileira de Silvicultura (SBS) indicam que, em 2001, o PIB florestal brasileiro atingiu R$ 21 bilhões e as exportações, US$ 4 bilhões, com a geração de 2 milhões de empregos diretos e indiretos.

Crédito: Trimble

Nos últimos anos, a evolução do setor florestal tem sido notável, com a área totalizando uma receita bruta de R$ 244,6 bilhões somente em 2021 e gerando R$ 11,8 bilhões em produtos para exportação. Além disso, a gestão e os processos de áreas florestais têm assumido o centro dos debates devido ao seu protagonismo na agenda ESG.

De acordo com Fátima Gonçalves, diretora da Divisão Florestal na América Latina, dispor de tecnologias no setor florestal que se assemelhem às tecnologias de ponta disponíveis na atividade agrícola e que contemplem e integrem a indústria são fundamentais. “As soluções de Integração Floresta & Indústria da Trimble permitem que o produtor tenha visibilidade da madeira durante toda a cadeia de produção, desde o momento da aquisição das terras, passando pelo plantio, manejo, colheita, transporte e atividade do dia a dia da propriedade. E isso proporciona um controle físico e financeiro confiáveis, identificando as ineficiências e levando a uma tomada de medidas preventivas e corretivas. Seu objetivo principal é aprimorar o planejamento e o controle dos processos, o que leva muitas melhorias e resultados para o negócio”, explicou.

Quem é Fátima Gonçalves

Crédito: Trimble

Diretora de Desenvolvimento de Negócios na Trimble desde 2014 é responsável por projetos que envolvam as áreas de Agricultura & Recursos Naturais, Transportes & Logística, Geoespacial e Construção de Edificações e Infraestrutura, responsável na América Latina pelas áreas de Integração Floresta & Indústria e Utilities. Professora de Gestão da Construção – BIM, na Pós-Graduação da Universidade Presbiteriana Mackenzie. Mestra em administração de empresas pela UMESP, com mais de 15 anos de experiência em gestão de pessoas e projetos.

Transporte seguro com inteligência artificial

Cabine de motorista com sensor de fadiga. Crédito: Trimble

Considerando-se o transporte como uma das etapas que mais demanda investimentos no processo produtivo do agronegócio, a Trimble também apresenta uma de suas soluções para o setor. Atecnologia denominada sensor de fadiga é o grande destaque da área de Transportation. Embarcada em caminhões e aliada à inteligência artificial, a solução permite monitorar os motoristas de caminhões em tempo real, detectando sinais de fadiga, comportamentos inadequados ao volante, o risco iminente de acidentes e até realizar o reconhecimento facial do condutor.

“A Trimble monitora mais de 1,5 milhão de veículos ao redor do mundo e proporciona a rentabilidade de mais 1000 clientes só na América Latina. Com essa combinação do sensor de fadiga e do software garante-se uma boa gestão da operação e agilidade na tomada de decisão, evitando acidentes, perda de carga e proporcionando uma economia de até R$ 200 mil em custos na gestão. Outro grande benefício e igualmente importante é a redução de aproximadamente 80% de eventos como fadiga e mais de 75% de excesso de velocidade, como é o caso da empresa LOTS Group. E, para se chegar a esse resultado, apenas inovando de forma constante e aliando-se à gestão estratégica de frotas, vias e o bem-estar do motorista”, declarou Rogério Perugini, gerente de vendas de Transportation, a combinação do sensor de fadiga com um software inteligente disponibiliza informações para os gestores de frotas que têm transformado o setor.

Trimble é uma empresa de tecnologia que transforma o modo como o mundo trabalha, fornecendo soluções que possibilitam aos nossos clientes prosperar. Tecnologias de posicionamento, modelagem, conectividade e análise de dados conectam os mundos físico e virtual para aumentar a produtividade, qualidade, segurança, transparência e sustentabilidade.

Presente com seus produtos no Brasil há mais de três décadas, a empresa tem se transformado em agricultura, construção, Geoespacial e de transportes e logística, oferecendo produtos que abrangem desde fluxos de trabalho específicos até soluções corporativas.

 

Eventos & Premiações

Truckvan

Crédito: Beatriz Negrão

Como tudo começou

Fundada em 20 de janeiro de 1992 por Alcides Braga e Flávio Santili, a Truckvan se tornou a maior fabricante de Unidades Móveis do Brasil e referência em Implementos Rodoviários para o seguimento de pesados.

Uma história que teve início em um contêiner no bairro da Vila Guilherme, zona Norte de São Paulo, e uma pequena equipe com a missão de realizar reformas em carretas e baús de alumínio. “Nessa época, era apenas eu, o Flávio, um funcionário no administrativo e mais três pessoas na oficina. Ao final do primeiro ano, já tínhamos 15 colaboradores na produção e mais três no escritório”, recorda Braga.

A empresa também se consolidou por possuir um amplo portfólio de produtos e soluções móveis para a locação. Atualmente está instalada em uma planta de 70 mil m2 na Rodovia Presidente Dutra, no município de Guarulhos, em São Paulo, dispondo de um time de aproximadamente 600 colaboradores.

Crédito: Beatriz Negrão

A Truckvan esteve presente na 28º Agrishow, não só com suas carretas, portfólio de produtos e unidades móveis para evento, mas também com um evento Especial. A Truckvan, durante os 5 dias da Agrishow, recebeu, em sua unidade móvel, o Programa “Homens e Mulheres de Prata no Campo”, onde Cuca, Marcos Ferreira, e a equipe técnica estiveram com o estúdio de gravação, entrevistando várias personalidades e empresários do agronegócio na feira. O programa é transmitido no canal Youtube, patrocinado pela Minsait, Água Prata, EXA e em especial na Agrishow, com apoio da Truckvan e já é um sucesso.

Cuca entrevistou Enio Campoi – Jornalista e CEO da Mecânica Comunicação Estratégica-Crédito: Beatriz Negrão
Cuca entrevistou Duarte Nogueira- Prefeito de Ribeirão Preto- Crédito: Beatriz Negrão

Entre os entrevistados, estiveram presentes Duarte Nogueira, prefeito de Ribeirão Preto, Gustavo Couto- CEO Grupo Vamos, Alcides Braga- CEO Truckvan, Maurílio Biaggi Filho- CEO Grupo Maubisa, Enio Campoi- Mecânica de Comunicação, Jose Velloso Dias Cardoso – Presidente Executivo-CEO da ABIMAQ entre outras personalidades. Foi sensacional e veio para ficar! Aguardem Agrishow 2024!

Prêmio Agrishow de Startups

Crédito: Agrishow oficial

Em sua segunda edição, mais de 140 startups tiveram suas inscrições aprovadas e 25 foram pré-selecionadas, demonstrando a importância da premiação para o agronegócio brasileiro e valorizar as AgTechs brasileiras. A vencedora foi a Cromai. Por meio de inteligência artificial, a AgTechs faz a identificação e classificação de ervas daninhas. O sistema mapeia a localização e o tipo de plantas invasoras. Com isso, o produtor rural pode melhorar a gestão das soluções e das aplicações de produtos necessários para resolver o problema. Para Henrique Del Pappa, sócio diretor da Cromai, vencer a premiação é uma sensação única, especialmente por estar na Agrishow, principal feira de tecnologia agrícola da América Latina. “Foi a coroação de um trabalho em equipe”, pontuou.

Crédito: Agrishow oficial

A premiação teve como segundo colocado a Doroth, que elaborou testes rápidos para identificação de biológicos, em nível de DNA, a fim de facilitar a identificação e monitoramento de doenças foleares e a presença de ervas daninhas nas lavouras. Atualmente a startup já monitora mais de 240 mil hectares.

Já o terceiro colocado foi a Krilltech, que desenvolveu a arbolina, uma nanopartícula que atua nas reações químicas das plantas e vegetais, funcionando como catalisadora das funções digitais, corrigindo rotas específicas das plantas, de acordo com suas necessidades. A inovação foi criada com o apoio da Universidade de Brasília e Embrapa.

Crédito: Agrishow Oficial

Aconteceu também o Agrishow Labs, uma arena de tecnologia para o campo, onde os visitantes conheceram o que há de mais moderno e inovador para beneficiar suas culturas e suas pastagens.

  

Agrishow Pra Elas

Crédito: Agrishow oficial

Ponto de encontro das mulheres na feira tem a proposta de valorizar a presença feminina no setor e mostrar a relevância das produtoras rurais para o desenvolvimento da atividade no país.

Crédito: Agrishow oficial

Com um espaço ainda maior, conta com uma área de palestras e entrevistas com lideranças femininas nas mais diversas frentes do agro nacional. Também haverá conteúdos e entrevistas exclusivas para as redes sociais da feira sendo transmitidos do espaço.

A Agrishow é uma iniciativa da Abag – Associação Brasileira do Agronegócio, Abimaq – Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos, Anda – Associação Nacional para Difusão de Adubos, Faesp – Federação da Agricultura e da Pecuária do Estado de São Paulo e SRB – Sociedade Rural Brasileira.

A próxima edição da Agrishow será realizada entre os dias 29 de abril e 3 de maio de 2024. Não Percam!

Colunista Beatriz Negrão

Carreira desenvolvida na área de Comunicação, atuando em empresas no Brasil e no exterior. Publicitária, Jornalista, Pós-Graduada em Marketing pela ESPM com experiência em gestão de clientes e projetos. Como jornalista, escreveu matérias em diversas revistas do setor e proferiu palestras viajando pelo País, abordando o tema Agribussiness.

Certificados: certificado Ministério Del Lavoro Italiano e internacional de Siena/ Itália.

E – Mail: contato2@nomoremag.com